INCRA e SEAD realizam mais um mutirão de documentação

Em torno de 300 pessoas foram atendidas pelo Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR) nos dias 24, 25 e 26, em Lajeado do Bugre. O mutirão, organizado pelo Incra-RS e pela regional da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), contemplou agricultores familiares, trabalhadores rurais e indígenas.

Artino e Alice Pinto (foto) levaram os filhos Ana Alice (12 anos), Agnael (7 anos) e Aliel (4 anos) para providenciar carteira de identidade e CPF. “Documento é muito importante para tudo. Não vai mais precisar levar uma pasta cheia de certidões quando a gente viajar”, comentou o pai, que vende artesanato típico em outras cidades. A família mora há cerca de 10 anos na Linha Lauter – Passo do Índio, uma pequena comunidade a quatro quilômetros da cidade, formada por 13 famílias kaingangues.

A agricultora Cleni Alves dos Santos buscou orientações sobre documentação e aposentadoria. Aos 63 anos, ela afirmou que nunca teve certidão de nascimento. “Preciso dos documentos para pedir minha aposentadoria para sobreviver, porque eu só tenho uma roça pequena para o sustento”, justificou. Ela foi encaminhada ao serviço de assistência social do município, a fim de obter o registro de nascimento – imprescindível para a emissão dos demais.

Ao todo, foram emitidas 70 carteiras de identidade e 101 CPFs. O INSS (agência de Frederico Westphalen) realizou 32 atendimentos. O evento contou com o apoio da Emater local, que distribuiu mudas de árvores.

Assessoria de Comunicação – Incra/RS

(51) 3284 3311

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.